My name is Patthy... Bondgirlpatthy

Bem - vindos ao meu cantinho virtual . A "casa" está sempre aberta à todos que queiram vir aqui ler e comentar meus posts. Este blog não tem compromisso jornalístico portanto não tem compromisso com a imparcialidade. Mas o meu compromisso com a democracia continua. Aqui toda opinião é importante e respeitada. Fiquem à vontade, a "casa" é de vocês. Voltem sempre q quiserem . Um beijo com muito carinho e obrigada.


quinta-feira, 31 de maio de 2012

Wagner Moura revive Renato Russo e a boa música ainda resiste

Num tempo em que infelizmente existem "músicas" que viram hit mundial por causa dos jogadores de futebol, espalhando barulhos sem sentido e com "letras complexas" em que o povo é levado a embarcar nessa onda pela mídia., felizmente, há exceções como a MTV que conseguem enxergar o público que não vai atrás das modinhas e prefere letras que tenham conteúdo, seja ele uma canção que fale de sentimentos, poéticas ou de protesto. E acabam espalhando coisas realmente boas através de sua programação como o Tributo ao Legião Urbana exibido na última terça - feira e reprisado ontem apresentando dois integrantes do Legião Urbana original,  Marcelo Bonfá e Dado Villalobos além da participação especial do ator Wagner Moura, o eterno Capitão Nascimento de Tropa de Elite 1 e 2. como Renato Russo, líder da banda e autor da maioria destas músicas cujas letras tem um significado tão profundo e único, às vezes autobiográfico em cada verso. A Legião que revolucionou o jeito de cantar e pensar da juventude dos anos 80.  Quem nunca cantou ou já ouviu ao menos um trecho de Legião Urbana? Acredito que todos.
E mesmo sem ser aquele fã de comprar disco e acompanhar carreira quem não tem uma música preferida? A minha por exemplo, dentre as  que conheço é Monte Castelo (vídeo abaixo), cuja letra mistura versos Bíblicos com Camões falando de um amor sublime que falta na humanidade de hoje em dia.
Wagner Moura estava lá como apenas mais um fã do Legião Urbana cantando as músicas de seus ídolos, como se estivesse na intimidade de sua casa num karaokê com seus amigos. Além de tudo, emprestando seu charme e seu jeito sexy numa maneira de cantar só dele, colocando alma e coração em cada música. Que os críticos se lembrem que ali havia um fã como tantos outros cantando ao lado de seus ídolos e homenageando a boa música e a poesia no seu sentido mais profundo.



Diziam que Wagner exagerava, desafinava que não estava no tom. Mas e daí? Ele não é Renato Russo, não é cantor. É um fã como qualquer outro, um ator que teve o privilégio que muitos fãs queriam.
Mas até que consigo entender as críticas porque a mídia acha que as pessoas se desacostumaram de ouvir a boa música. Que piada, a audiência foi boa, a repercussão nas redes sociais foi enorme. Por mais que tentem empurrar coisas sem sentido e modinhas ridículas, o que sobrevive através dos tempos é a música de qualidade. Parabéns MTV, parabéns Wagner Moura e obrigada por me proporcionarem momentos deliciosos e sensíveis com tanta poesia e profundidade. Um beijo à vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem sua opinião aqui. Ela será lida e respeitada