My name is Patthy... Bondgirlpatthy

Bem - vindos ao meu cantinho virtual . A "casa" está sempre aberta à todos que queiram vir aqui ler e comentar meus posts. Este blog não tem compromisso jornalístico portanto não tem compromisso com a imparcialidade. Mas o meu compromisso com a democracia continua. Aqui toda opinião é importante e respeitada. Fiquem à vontade, a "casa" é de vocês. Voltem sempre q quiserem . Um beijo com muito carinho e obrigada.


segunda-feira, 20 de junho de 2011

Obrigada Chespirito e parabéns pelos 40 anos de Chaves


Roberto Gomez Bolaños, gracias
  Fica difícil eu definir em palavras o que estou sentindo no exato momento que escrevo este post.
 Para lhes ser bem sincera, eu não fazia sequer noção do que o dia de hoje representa para milhares de Chavesmaníacos. Soube apenas agora que nesta mesma data há 40 anos, um artista mexicano Roberto Gomez Bolaños, o Chespirito criava um personagem que desperta amor em milhões de pessoas.
"Foi sem querer querendo" que Chaves entrou na vida das pessoas para alegrar seus dias ao menos por meia hora. E comigo não foi diferente como já contei aqui mesmo neste blog na ocasião do Festival da Boa vizinhança realizado em 24 de abril de 2010 em São Paulo.
Fica complicado driblar a emoção que estou sentindo, peço perdão se as lágrimas já  descem por meu rosto. Escolhi o lado alegre da hora do almoço, o lado alegre da vida e com isso me tornei "uma jovem de 30 e tantos anos".
E foi em 1984 que Chaves entrou no meu coração, na minha vida para nunca mais sair. Através do SBT. Não há como não rir, mesmo que eu já conheça os bordões, as piadas e os episódios. Por vezes até ataques de risos.
Mas um momento especial que jamais vou esquecer foi o Festival da Boa Vizinhança com a participação de Edgar Vivár (Sr. Barriga)  e Carlos Villagrán (Quico). Descrevi a emoção de vê - los ao vivo na época "...e ainda me parece que estou vendo, estão ali ali" alegrando as pessoas e arrancando lágrimas e risos de uma vez só. Cantando, declamando, agradecendo. Eu toquei de leve nos ombros deles mas como eu queria abraçar com carinho , dar um beijo e dizer "apenas duas palavras": Muito obrigada. Conheci na ocasião os dubladores que deram voz em português ao personagem. E quatro deles me emocionaram de uma maneira muito particular: Nelson Machado (Quico), Tatá Guarnieri (Chaves), Marta Volpiani (Dª Florinda) e Élcio Sodré (Seu Madruga), não que os outros não me emocionaram mas esses bateram mais forte.
Também fiquei encantada não só com o talento e com o carisma e a simpatia de Gustavo Berriel (Nhonho).
E depois ainda tem quem não gosta, como minha avó e duas primas. Mas quer saber: "o que me importa? Comam torta"  Azar delas.
Enfim, consegui terminar o post, "que eu mesma digitei com minhas lindas e delicadas mãos de princesa". E só tenho a te agradecer Chespirito, "Chaves Chavinho Cha", por tudo, por me fazer rir. "Meu coração por ti bate..."
Festival da Boa Vizinhança abril 2010
Gratidão In Memorian: Ramón Valdez (Seu Madruga), Horácio Gomez Bolaños (Godinez), Angelines Fernandes (Bruxa do 71) Raul "Chato" Padilha (Jaiminho o carteiro) e Marcelo Gastaldi (dublador do Chaves na versão Maga - clássica representando também outros dubladores já falecidos).