My name is Patthy... Bondgirlpatthy

Bem - vindos ao meu cantinho virtual . A "casa" está sempre aberta à todos que queiram vir aqui ler e comentar meus posts. Este blog não tem compromisso jornalístico portanto não tem compromisso com a imparcialidade. Mas o meu compromisso com a democracia continua. Aqui toda opinião é importante e respeitada. Fiquem à vontade, a "casa" é de vocês. Voltem sempre q quiserem . Um beijo com muito carinho e obrigada.


domingo, 8 de novembro de 2015

SPECTRE: Bond voltou a ser Bond


Poster oficial  foto/ arte: site oficial James Bond 007 


Ontem fui ao cinema para ver mais um filme do James Bond.
Sou muito fã dele, desde o dia que sentei no sofá da sala, ainda com 6 anos de idade e assisti Com 007 Viva e Deixe Morrer sem entender do que se tratava  e muito menos que personagem charmoso  era aquele que fazia perseguições inacreditáveis. Não desviei o olhar um segundo sequer até o fim do filme e me apaixonei por completo. Assim como ele seduzia garotas nas suas estórias para arrancar informações, ele também seduzia o público de várias maneiras. Um público fiel e fascinado por tudo. Desde que entrei para um grupo de fãs de 007 na internet, me acostumei a acompanhar todo o processo de criação dos filmes.
E com SPECTRE não foi diferente. Acompanhei por três anos tudo que era notícia que saía pela internet, desde o começo de tudo com apenas uma ideia na cabeça, passando pela escolha do elenco, da trilha, das locações, filmagens e até estreias transmitidas on line. E essa foi mais do que especial pois dois queridíssimos amigos estavam na pré estreia mundial em Londres, vivendo o sonho de todos os Bond maníacos  do mundo. Muito orgulhosa deles. 
E depois de tudo isso, o grande dia da estreia nacional com meus amigos de volta ao país. Não fui com eles mas acompanhei tudo com o mesmo orgulho e a mesma alegria. 
Dois dias depois da estréia, lá fui eu com minha tia e minha amiga Dona Marie para assistirmos finalmente 007 Contra SPECTRE, ansiosas com o coração pulsando muito forte. Só faltaram minha mãe e meu querido amigo Dani (falecidos) para a alegria ser completa.  Mas, de alguma forma, sentíamos que eles estavam acompanhando tudo e olhando por nós três. 



Data e horário da nossa sessão



Minha amiga e eu depois de assistir SPECTRE


E, falando do filme: faltam palavras de tão bom. Para fãs um saudosismo com nova roupagem. A essência está lá, o clássico está lá mas com uma "nova cara". Referências? Muitas, o tempo todo o que alegra o coração de todo fã. Bond voltou com toda força . Os personagens ícones, o roteiro, a fotografia, os efeitos, a ação. Tudo como tem que ser. E a trilha de Sam Smith combinando lindamente com tudo e a abertura como nos velhos tempos. Arrancou - me lágrimas pela beleza, pela arte, pela linda homenagem logo nos créditos iniciais, por ser Bond novamente. 
Só um "spoillerzinho": Toda vez que vejo um filme de 007 e aparece a gun barrell e ouço o som do tiro, meu coração dispara desde meus 6 anos de vida. E desde 2002 meu coração não disparava a ponto de sentí -lo bater sem colocar a mão. Quem é fã de Bond sabe o que quis dizer. Foi lindo! É meu Top 2 (pois para mim nada supera Goldfinger). Quero ver de novo. Foi maravilhoso. Bond  forever, cheers shaken not stirred. Viva James Bond.