My name is Patthy... Bondgirlpatthy

Bem - vindos ao meu cantinho virtual . A "casa" está sempre aberta à todos que queiram vir aqui ler e comentar meus posts. Este blog não tem compromisso jornalístico portanto não tem compromisso com a imparcialidade. Mas o meu compromisso com a democracia continua. Aqui toda opinião é importante e respeitada. Fiquem à vontade, a "casa" é de vocês. Voltem sempre q quiserem . Um beijo com muito carinho e obrigada.


quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

É com você Lombardi... Adeus Silvio

Ontem mal tive tempo de entrar na internet. Prá falar a verdade, nem entrei pois estava muito cansada quando cheguei da aula de natação e, após almoçar, como de costume, descansei assistindo o DVD do seriado 24 horas que comprei recentemente duas temporadas. Enquanto isso, minha mãe tinha ido ao banco e lá ela soube na fila de uma notícia que não só abalou o Brasil mas a mim também.
Chegando em casa, ela disse que Lombardi, o misterioso e famoso locutor de Silvio Santos havia falecido. E pensou que eu já soubesse de tudo pela internet.  Liguei a TV no programa da Sônia Abrão que sempre dá notícias desse tipo quase que no momento em que ocorrem. E estava lá a triste notícia bem na minha cara.
Senti um vazio imenso, parecia que tinha perdido alguém. Afinal, desde pequena, acostumei - me à aquela voz forte e inconfundível e também à curiosidade de saber se essa voz tinha de fato um rosto humano e como era esse rosto. Curiosidade esta que em 1992 começou a ser desfeita, na ocasião em que fui numa caravana feita pela escola onde eu estudava o ensino médio assisti a uma gravaão de "Passa ou Repassa" ainda no comando de Gugu Liberato. A gravação foi feita nos estúdios antigos da Ataliba Leonel e correu bem, foi divertidíssima. Quando estávamos indo embora, ouvi uma voz familiar falando alguma coisa para um dos funcionários do SBT. Pensei: "Será o Lombardi ou alguém imitando?" Minutos depois, um homem aparece na porta como que a olhar algo na rua e volta, calado. Muito rapidamente, em seguida, a voz "conhecida" recomeça a falar e para segundos depois. Desencanei por completo e nem mesmo comentei o fato com minhas colegas.
Anos se passaram e um dia fui assistir a uma gravação do Silvio Santos com minha mãe numa caravana, desta vez nos estúdios da Anhangura, onde fica atualmente o SBT. Nesse dia, vi claramente Lombardi em pé, diante de seu microfone do lado do auditório que não era tão focalizado. Nos intervalos, Lombardi brincava, cantava, era um show à parte. Estou sentindo muita falta dele que assim como foi um mistério enquanto viveu, partiu sereno e discreto sem despertar no dia seguinte. Não vai ser fácil não ouví - lo mais falando seu "Oiiiiiiii Silviooooooooo", mas sua lembrança, ainda que breve, ficará no meu coração.
E o Lombardi agora vai descansar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem sua opinião aqui. Ela será lida e respeitada