My name is Patthy... Bondgirlpatthy

Bem - vindos ao meu cantinho virtual . A "casa" está sempre aberta à todos que queiram vir aqui ler e comentar meus posts. Este blog não tem compromisso jornalístico portanto não tem compromisso com a imparcialidade. Mas o meu compromisso com a democracia continua. Aqui toda opinião é importante e respeitada. Fiquem à vontade, a "casa" é de vocês. Voltem sempre q quiserem . Um beijo com muito carinho e obrigada.


segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Ary Ary Ary Toledo: 50 anos fazendo o público rir antes mesmo da moda dos Stand Ups


 


Sábado  á noite fui dar gargalhadas como há muito tempo  não dava. Era o show do meu humorista favorito, Ary Toledo no teatro do Corinthians. Só eu sei o quanto estava precisando rir um pouco para  tentar me recuperar de recentes perdas de pessoas queridas   
Quando soube disso não pensei duas vezes e comprei dois ingressos: Um para minha tia e outro para mim. Neste show, como sempre, Ary Toledo estava hilário.  
Com razão, porque comemorar 50 anos de uma carreira de sucesso não é para qualquer pessoa.  
Estava ansiosa, afinal  a última vez que vi um show dele ao vivo no teatro Imprensa do Silvio Santos foi em 3 de julho de 1993 já faz 22 anos  desde então.   








A expectativa de vê - lo novamente e ouvir "novas velhas piadas" tomava conta de mim. 
Saí de casa levando comigo um livro que Ary lançou naquela época para pegar autógrafo e minha câmera para, quem sabe conseguir uma foto com ele .  
Entrando no teatro (como vocês podem notar na foto acima) sentei - me cara a cara com Ary Toledo. Como diz aquele famoso comercial de cartão de crédito: "Isso não tem preço".  






Pontualmente no horário marcado ele entrou. Com alegria saudou o público e em seguida disparou seu repertório de piadas durante 1h e 10 min de muitas gargalhadas, minhas e de toda a plateia. Isso me fez lembrar de um comentário que recebi no meu Facebook com o qual concordo plenamente: que às vezes a piada pode ser uma porcaria mas se ele contar fica muito engraçada.  
Até a despedida é uma grande piada que Ary faz com o público e para o público mas não direi aqui para não perder a graça.  
Depois do show, Ary Toledo sempre dedica alguns minutos para receber o carinho do público de modo bem individual e também vender seus mais recentes lançamentos com dedicatórias especiais para quem comprar. Eu não comprei nada, estava com pouco dinheiro mas mesmo assim ele não me tratou diferente dos demais a não ser por um detalhe: Todos compravam CDs novos e o livro "Os Testículos de Ary Toledo", emblematicamente engraçado de duplo sentido como tudo que ele faz, enquanto eu levei meu velho livrinho As Melhores Piadas de Ary Toledo. Fazia tanto tempo que ele não via o velho livro que até chamou sua amiga Fátima para compartilhar a novidade. E eu ainda tirei várias fotos com o Ary. Como diz um querido amigo meu: "Que momento!"  
Ary Toledo continua tão simpático quanto eu me lembrava. 





















 





 

Sou fã do Ary Toledo desde que conheci um disco de vinil dele compacto com duas piadas: do lado "A" Pau de Arara e do lado "B" a história de Tiradentes contada de um jeito divertido e contestador (o disco pode ser encontrado em sebos ainda segundo ele próprio me contou). Também não ia dormir enquanto não terminava o concurso de piadas do Show de Calouros do Silvio Santos nos anos 80. Além disso, na mesma época, para "desespero" da minha mãe telefonava para o Disque 200 e o Tele 900 para ouvir piadas do Ary todos os dias enquanto minha avó saía para fazer compras no açougue. Ao mesmo tempo em que sonhava com o dia que tivesse 18 anos para poder ir ao teatro assistir a um show dele.  

Ary, esse texto é minha homenagem à você pelos seus 50 anos de carreira. Muito sucesso pois você merece.  Parabéns e que venham mais e mais piadas por muito tempo ainda. Um grande beijo!  








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem sua opinião aqui. Ela será lida e respeitada