My name is Patthy... Bondgirlpatthy

Bem - vindos ao meu cantinho virtual . A "casa" está sempre aberta à todos que queiram vir aqui ler e comentar meus posts. Este blog não tem compromisso jornalístico portanto não tem compromisso com a imparcialidade. Mas o meu compromisso com a democracia continua. Aqui toda opinião é importante e respeitada. Fiquem à vontade, a "casa" é de vocês. Voltem sempre q quiserem . Um beijo com muito carinho e obrigada.


domingo, 7 de fevereiro de 2016

Eu e o Super Bowl 50

Cartaz promovendo o Super Bowl 50 Arte: Canal Esporte Interativo 


Hoje os norte americanos vão parar em frente à tevê para assistir ao mais aguardado jogo do futebol americano, a grande "final" do campeonato da NFL entre Denver Broncos e Carolina Panthers , que foram classificados por serem campeões divisionais da A.F.C. (conferência americana) e N.F.C. (conferência nacional). 
Logo NFL

Este é o jogo mais rentável em termos de audiência e também em cotas de patrocínio onde 30 segundos de comercial numa partida de Super Bowl é capaz de render milhões e até bilhões de dólares. Nem todos que assistem o Super Bowl assistem por causa do jogo mas por conta dos comerciais que são especialmente gravados para a ocasião com artistas renomados e são verdadeiras super produções dignas de serem filmes de Hollywood. Esses intervalos fazem as marcas dos mais diversos produtos e serviços nele anunciadas se tornarem conhecidas por todo o planeta e consumidas em massa. 
Logo comemorativo 50 anos
Esse jogo é mencionado em vários desenhos e seriados populares como The Simpsons e Glee que em alguns episódios mencionaram o Super Bowl de alguma forma. Cantores e grupos musicais populares já se consagaram por terem feito pocket shows durante o intervalo do jogo. Essa lista tem nomes mundialmente conhecidos como Madonna, Kate Perry, Michael Jackson e Beyoncée e também cantar o Hino Nacional dos Estados Unidos como já aconteceu com Alicia Keys por exemplo. Este ano, Lady Gaga terá esta honrosa missão. O melhor dos melhores. E o Half Time Show ficará a cargo do grupo Coldplay e dos cantores Beyoncée (que volta numa participação especial) e Bruno Mars.

Comecei a acompanhar futebol americano num Super Bowl que assisti mais para prestigiar o show da Madonna (como já contei aqui mesmo no post "Eu e o Super Bowl" de 2012). Gostei tanto da "brincadeira" que no ano seguinte acompanhei toda a temporada. E nos outros anos também.
E embora eu não tenha um time preferido, o jogo é sempre emocionante por tudo que o envolve. Me divirto muito assistindo. As regras são difíceis mas eu já peguei alguma coisa.
A transmissão preferida  eu já escolhi: sou Esporte Interativo e não abro. Adoro a narração do Octávio Neto e do André Henning, super divertidos porque eles também explicam as regras e a linguagem coloquial desse esporte para quem assiste há pouco tempo e ainda se "enrola" com tudo. E meus comentaristas preferidos são Raphão Martins e Pedro Pinto.

E por falar em Esporte Interativo, eles podem não ter a popularidade da ESPN Brasil, canal a cabo que também faz transmissão. Mas o fato é que o troféu Vince Lombardi que está em disputa hoje, em comemoração aos 50 anos do Super Bowl, fez um tour de quatro dias entre São Paulo - SP e Rio de Janeiro - RJ e na visita à cidade maravilhosa, foi levado pelos representantes da NFL aos estúdios da TV Esporte Interativo.
Eles podem nem ter a fama da ESPN e talvez nem sejam melhores que os concorrentes mas tiveram a honra de receber uma visita do troféu. Coisa para poucos. Esse troféu só pode ser tocado (e com luvas) apenas pelos campeões do Super Bowl como acontece com a taça da Copa do Mundo.
Eu tive a honra de ver de perto no dia 5 de Dezembro do ano passado no shoping Eldorado em São Paulo - SP.
Vou dizer uma coisa: ao chegar perto do troféu, me senti como se estivesse ido aos Estados Unidos. Foi o mais perto que cheguei da "Terra do Tio Sam" através de um objeto. Uma terra que guardo com carinho e amor no coração. O Troféu do Super Bowl é tão lindo que mesmo visto através de uma redoma de vidro, não perde a beleza e o glamor.
O jogo de hoje já é especial, ainda mais depois da minha visita ao troféu. Não me importa quem vença o Super Bowl mas ver o objeto de desejo das equipes tão de perto é um momento único que nunca vou esquecer. Esperemos os resultados e que vença o espetáculo. Que tudo seja inesquecível e emocionante.

Eu com o troféu Vince Lombardi

Foto oficial do Trophy Tour

Logo Super Bowl 50



Dedicado à equipe do Esporte Interativo, Aos times Denver Broncos e Carolina Panthers, aos meus amigos fãs de NFL Carmona, Giu, Fabra, Fabi, Sérgio e Marcelo; ao grupo do Facebook Grupo de Discussões NFL Brasil, Endzone Brasil e podcast Fumble na Net. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem sua opinião aqui. Ela será lida e respeitada