My name is Patthy... Bondgirlpatthy

Bem - vindos ao meu cantinho virtual . A "casa" está sempre aberta à todos que queiram vir aqui ler e comentar meus posts. Este blog não tem compromisso jornalístico portanto não tem compromisso com a imparcialidade. Mas o meu compromisso com a democracia continua. Aqui toda opinião é importante e respeitada. Fiquem à vontade, a "casa" é de vocês. Voltem sempre q quiserem . Um beijo com muito carinho e obrigada.


sexta-feira, 11 de junho de 2010

Copa do Mundo uma celebração

Hoje começou mais uma Cópa do Mundo lá na África do Sul. E embora o Dunga não leve os melhores jogadores, torço pelo hexa apesar dele. Eu também por simpatia torcerei para a seleção dos Estados Unidos porque desde pequena nutro simpatia por esse país, seu povo e cultura. Nunca neguei nem escondi de ninguém. Em minha mesa tem uma bandeira americana, na minha opinião, uma das, senão a mais bonita do mundo estéticamente. Não dá para eu ser falsa só porque é Copa. E não serei.. Vou acompanhar e torcer para o Brasil  evidentemente por uma questão de localização e documentação. E por simpatia torcerei e acompanharei os Estados Unidos, se bem que no jogo de estréia ficarei meio dividida pois o primeiro jogo será contra a Inglaterra, pátria de James Bond e de Lady Diana, dos quais sou fã. 
Outra coisa que gosto em Copas é que o brasileiro faz um carnaval divertido onde enfeita ruas e se fantasiando de pariotas. Eu também entro um pouco nessa "onda" mas não esqueço meu time do coração. Para mim o Corinthians vem antes da seleção. Acredito que no fundo a maioria faz o mesmo, ainda que não torçam pelo mesmo time que eu. Só não admitem. E nem fico cega diante dos problemas que assolam nosso país. Quanto à  isso, sou bem resolvida. Tanto que decorei a janela do meu quarto com uma bandeira do Corinthians do lado esquerdo (o lado do coração) e também uma do Brasil do lado direito.
E também já escolhi por onde acompanhar a Copa: pela TV Band que para mim tem a melhor cobertura da Copa e tem o craque Neto como comentarista e também pela rádio Transamérica FM 100,1 em São Paulo pois gosto muito da narração empolgante do Eder Luiz e de toda sua equipe.



Só que faz muito tempo que não acompanho a Copa assim de maneira ferrenha sem querer perder e também torcer pela seleção como torço pelo Corinthians. Foi - se o tempo em que isso valia a pena. Em 94 e não porque ganhou mas porque estar na seleção para os jogadores era um orgulho e não como hoje onde para eles tanto fez como tanto faz.
Em 94 tinha o mascote do SBT, o "Amarelinho" adorava ele. Aliás o SBT tinha transmissões divertidas e didáticas com Téo José, Nivaldo Prieto e Orlando Duarte, um grande comentarista. Ah, bons tempos aqueles!





Outra Copa inesquecível foi a de 2002. Acompanhei inteirinha pelo rádio. Uma sensação diferente. E a de 82, a primeira que acompanhei e até pintamos o mascote no tempo em que ainda tinha 6 anos e estudava no Externato São Judas.
Espero que apesar do Dunga e sua teimosia a seleção possa vencer mas não vou fazer nenhum discurso otmista. Esperarei os acontecimentos terminando meu álbum da Copa (sim eu também aderi à essa moda) colando figurinhas e preenchendo as tabelas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem sua opinião aqui. Ela será lida e respeitada