My name is Patthy... Bondgirlpatthy

Bem - vindos ao meu cantinho virtual . A "casa" está sempre aberta à todos que queiram vir aqui ler e comentar meus posts. Este blog não tem compromisso jornalístico portanto não tem compromisso com a imparcialidade. Mas o meu compromisso com a democracia continua. Aqui toda opinião é importante e respeitada. Fiquem à vontade, a "casa" é de vocês. Voltem sempre q quiserem . Um beijo com muito carinho e obrigada.


sábado, 11 de agosto de 2018

Meu nome é Bond...James Bond - Capítulo Especial - Shaken not stirred, um brinde a um grande fã

Marcos Kontze em Londres Foto: arquivo pessoal

Hoje, dentro da minha série sobre Ian Fleming não vou falar de um livro/filme. Vou abrir espaço para prestar uma merecida homenagem a um querido amigo que entrou na minha vida através de James Bond, um personagem que ambos somos muito, muito, muito mas muito fãs mesmo. 
O engraçado é que no começo conversávamos pela internet porém não nos conhecíamos pessoalmente mas algo incomum nos aproximava tanto que parecia até que éramos bons vizinhos desde a infância.
O cinema nos encanta com coisas mágicas fora das telas. Coisas que duram uma vida mas que os filmes jamais mostrarão porque essas coisas não tem forma, nós apenas as sentimos e não raras vezes, também compartilhamos. 
A história que vem a seguir, trata - se de uma história real porém, poderia perfeitamente ser um conto de fadas com algumas substituições dos elementos que compõe esse tipo de narrativa.
Era uma vez, um menino que se chamava  Kontze... Marcos  Kontze. Ele tinha 12 anos quando conheceu um dos maiores, senão o maior personagem do cinema mundial, Bond... James Bond.
O primeiro contato foi através de um filme estrelado por Roger Moore que ele assistiu em 1996 em algum canal de TV aberta e também um jogo de vídeo game que estava sendo lançado: Goldeneye para Nitendo 64 (1997) e era uma "febre" em todo o mundo, ainda mais que o personagem havia voltado ao cinema dois anos antes com um novo filme após uma interminável ausência de seis anos. O filme era 007 Contra Goldeneye (Goldeneye 1995) com o ator irlandês Pierce Brosnan no papel principal. 
Como todos os garotos daquela idade, Marcos  também entrou na onda dos  jogos em locadoras de vídeo. Alugou o game de 007 inúmeras vezes, revezando o pagamento do aluguel com amigos para que todos pudessem jogar juntos.
Tudo que ele sabia sobre James Bond  era o jogo e o filme que assistiu na TV. Nem de longe suspeitava  que 007 era um personagem muito maior do que um cartucho de vídeo game, ou o personagem de um único filme.
Muito empolgado com a diversão que o game e este filme lhe proporcionavam, sua curiosidade despertou como a de um agente secreto atrás de um grande mistério.
Eram tempos em que na maioria das casas brasileiras, a internet era escassa ou inexistente. A maioria dos computadores equipados com internet discada estava em empresas e escolas para fins profissionais ou educativos e em poucos e privilegiados lares para todos os fins, inclusive a diversão e o comércio on line que dava seus primeiros passos.
Por conta disso, para acessar a internet, Marcos aproveitava o tempo livre após as aulas usando o computador da escola que sempre estava disponível para os alunos quando quisessem praticar o que foi ensinado nas aulas de informática..
Sempre munido de disquetes e um dicionário de inglês/ português, lá ia ele fazer suas pesquisas.
A maioria dos sites era em inglês. Com paciência e muita dedicação, traduzia as notícias, fazia pequenas anotações e salvava nos disquetes que tinham uma grande capacidade de armazenamento para a época.
Levava tudo para casa e lá analisava e estudava todo o conteúdo de fotos e textos como se fosse um dossiê "for your eyes only".
Dia após dia, Marcos vai percebendo que suas pesquisas avançavam a passos largos. Ia descobrindo também que as pessoas mais velhas com as quais tinha contato, associavam o jogo de vídeo game ao personagem dos filmes e livros e que tudo isso estava ali ao alcance das mãos.
Nascia uma inexplicável admiração por um personagem tão grandioso, atemporal, que atravessa o planeta de geração em geração como nenhum outro.
1998: A revista Caras lança uma coleção de filmes e fascículos de James Bond com 18 volumes contendo os 18 filmes lançados em VHS (fitas de vídeo cassete). Ele faz a coleção inteira. Ali estava o 007 que as pessoas tanto lhe falavam.
Era o ano de 1999 quando Marcos assiste a um filme de James Bond no cinema pela primeira vez. O filme 007 O Mundo Não é o Bastante (The Wold Is Not Enough) entrou em suas retinas, em seu coração para nunca mais sair.
Seu encantamento assemelha - se ao mesmo sentimento que teve o ator Pierce Brosnan,o James Bond daquele filme quando assistiu Goldfinger no cinema, um ano mais novo do que nosso homenageado neste post especial.
Depois dessa sessão de cinema, ele vê esse filme em mais 6 oportunidades, totalizando incríveis 007 idas ao cinema para ver um mesmo filme.
Foi também através de James Bond que Marcos descobriu sua vocação para o jornalismo, profissão de Ian Fleming, o criador de 007.
Nesta mesma época ele começa a participar de salas de bate papo e fóruns sobre 007 e compartilha notícias e ideias com fãs de todas as partes do mundo.
Realmente, para o jovem, o mundo nunca será suficiente. Fez disso um lema, uma missão.
E entre um chat e outro, conhece outros fãs brasileiros que como ele, sentem falta de conteúdo em português.
É fundada a Comunidade 007 Brasil. Um site recentemente extinto que possuía um vasto conteúdo e um fórum totalmente voltado aos fãs brasileiros.
Marcos era o "cara das notícias", tudo que ele julgava ser relevante era traduzido dos fóruns estrangeiros e repassados por ele através do fórum e do site da Comunidade. Seus primeiros passos como jornalista foram dados.
A Comunidade 007 realizava pequenos encontros em uma livraria em São Paulo e até já tinha realizado em 2004 um encontro no Rio de Janeiro para comemorar os 25 anos do filme 007 Contra o Foguete da Morte (Moonraker 1979) cuja parte das cenas foram feitas na Cidade Maravilhosa.
Assim  os fãs de São Paulo e Rio puderam se conhecer  pessoalmente e explorarem juntos esses cenários.
Com o crescimento do site brasileiro, surgiu a ideia de realizar eventos maiores.
Em 2008, com as comemorações do centenário de nascimento Ian Fleming, data perfeita para que fãs do Brasil inteiro se conhecesse, realizou - se em 31/05/2008 a 1ª Con 007 em São Paulo.
Vieram fãs do país inteiro e assim os papos virtuais ganharam rostos e vozes com os mais variados sotaques.
Muita emoção poder encontrar alguém que você nunca viu na vida e que conversa todo dia, se aproxima de você sem a menor cerimônia  te diz um oi bem de pertinho de forma tão carinhosa e natural. E claro que Marcos não poderia faltar nesse dia com sua simpatia, alegria e carinho. Foi maravilhoso. Sintonia imediata.

Marcos Kontze e eu na primeira Con 007 Foto: arquivo pessoal

Após esse primeiro grande evento, outros vieram. Lançamentos de filmes, coleções, livros e artigos relacionados à 007. E na maioria deles, a presença de Marcos Kontze era sempre constante e com isso ele também passou a ser conhecido por fóruns de fãs do mundo todo, principalmente por postar muitas notícias em primeira mão vindas de fontes confiáveis.
Na maioria das vezes passava as madrugadas no computador por causa do fuso - horário para conseguir apurar, traduzir e repassar as notícias antes dos jornais e sites mais conhecidos.
Em 2007, Marcos participa com os demais integrantes da Comunidade 007 de um projeto audacioso: o Bondcast Brasil, o primeiro e único podcast do Brasil que fala sobre James Bond.
Após algum tempo, com a Comunidade 007 caminhando para o encerramento natural de seu ciclo, Kontze lança uma espécie de "carreira solo".
No dia 28 de maio de 2011, data carregada de simbologia por se tratar da data de nascimento do criador de 007, vai ao ar o portal James Bond Brasil, trazendo em um formato muito simples o conteúdo de notícias em português e desde o início com o compromisso de levar aos fãs do personagem as notícias sempre atuais e em primeira mão, fazendo isso por idealismo e amor ao mundo de James Bond e à profissão que decidiu abraçar um dia.
Com o passar do tempo, o crescimento de acessos do portal não só por brasileiros mas também por outras pessoas no mundo foi acontecendo.
No mesmo ano, dia 12 de Dezembro, Marcos ganha, através de sua namorada que estava em Londres um presente inesquecível. Os cumprimentos de ninguém menos que Craig...Daniel Craig que estreava o filme Milenium, o Homem Que Não Amava As Mulheres. Momento registrado no vídeo abaixo.




Como eu já havia dito, para Marcos Kontze, O Mundo Não é o Bastante. Ainda mais quando isso se trata de seus sonhos de fã.
E como se não fosse coisa pouca receber o carinho do personagem que mais ama no dia do aniversário, ainda acontece um encontro que com certeza ele esperou desde sempre.
Por mero acaso, durante um passeio à noite com a namorada por terras britânicas, percebe que estava em frente a um dos locais de filmagem e observa o movimento.
De repente, avista Barbara Broccolli e Michael G. Wilson, produtores da franquia James Bond. A emoção de ver diante dos próprios olhos pessoas que acompanhou à distância por uma vida inteira não consegue ser explicada mas é sentida intensamente. Momento para ser guardado por toda vida e ser mostrado para futuras gerações servindo de inspiração para quem sonha grande.

Da esq para a dir: Michael G. Wilson, Marcos Kontze e Barbara Broccolli em Londres foto: Julia Cipolatto 
Marcos é daquele tipo de pessoa: o homem certo no lugar certo. Parece que tem faro para grandes acontecimentos.
E esse acaso de Londres com certeza foi preparado sob medida, assim como um terno Tom Ford, por uma Força Superior para ser o "empurrãozinho" que faltava para o início da carreira internacional do James Bond Brasil e de seu criador.
Era o ano de 2014 quando surgiu o convite de Andres Frejdh do fã clube From Sweeden With Love que na ocasião comemorava seus 10 anos de existência. Além de fãs vindos de diversos países, incluindo nosso homeageado que representou o Brasil, o evento também contou com 13 pessoas entre atores, atrizes e diretores dos filmes de James Bond.
Foram 3 dias intensos e emocionantes de exibição de filmes, bate papo e jantares regados do luxo peculiar ao estilo Bond de ser.
Mulheres com lindos vestidos longos e homens com o tradicional smoking. Muita elegância e beleza.
Entre os presentes famosos destaque para a Bond girl Carole Ashby dos filmes 007 Contra Octopussy (Octopussy 1983) e 007 Na Mira dos Assassinos (A View  To a Kill 1985) e de John Glen que dirigiu 5 filmes de James Bond e foi também editor e diretor de segunda unidade em mais 3 filmes
O ano seguinte foi o ápice na vida do fã.
Novamente um inesperado convite leva Marcos para a Cidade do México para um evento muito exclusivo. Acompanhar as filmagens da sequência inicial de 007 Contra SPECTRE (SPECTRE 2015) que retrata a celebração do Dia de Los Muertos (Dia dos Mortos), muito popular no México.
O James Bond Brasil era o único veículo de comunicação que representava exclusivamente os fãs entre tantos jornalistas profissionais.
Fazia parte da programação deste evento uma entrevista com os produtores, diretores e atores principais e também acompanhar o teaser trailer oficial apresentado pelo diretor do filme, Sam Mendes. Celulares e câmeras foram proibidos para não vazarem as imagens antes da hora. Nosso homenageado conseguiu até fazer uma pergunta para Daniel Craig.
No intervalo das filmagens, Marcos viveu, de novo emoções intensas de fã. Tirou fotos com Sam Mendes e algumas pessoas da equipe técnica e figurantes. Sem contar a cena inusitada de ser reconhecido pela atriz Carole Ashby que estava no evento como convidada da EON. A atriz o reconheceu do evento na Suécia em 2014.
"Essas coisas só acontecem com esse cara", adaptando uma frase dita por George Lazenby em seu filme como Bond de 1969. E claro que ele encontrou George Lazenby também. O ator esteve no evento da Suécia.
Marcos Kontze e figurantes vestidas como Catrinas no México Foto: James Bond Brasil
Em dezembro do mesmo ano, acontece a revelação do título do novo filme de 007, até então chamado de "Bond 24". A revelação do título acontece num grande evento transmitido ao vivo pelo Youtube e contou com as presenças de Sam Mendes, Daniel Craig, Mônica Belucci, Lea Sedoux, Crhistopher Waltz, Ralf Fiennes, Dave Bautista, Naomi Harris e Andrew Scott.
Ao som de Nobody Does It Better, é revelado o título de Bond 24 pontualmente às 9:00 h da manhã horário de Brasília.
007 Contra SPECTRE (SPECTRE 2015) é o título escolhido e veio carregado de muito saudosismo e simbologia bondiana.
Para variar, Marcos transmite em primeira mão o evento pelo canal do James Bond Brasil. Foi um espetáculo como tudo que envolve 007.
Em 23/10/2015, Marcos está novamente em Londres. Desta vez acompanhado por um amigo de longa data também fã de 007 para prestigiarem a estreia de SPECTRE e aproveitarem para passear pela terra da Rainha e de James Bond.
Assistem  uma palestra em Blackpool: "Uma Noite Com Sir Roger Moore" onde o ator falava de sua carreira e suas ações voluntárias na UNICEF (como embaixador) e na ONU.
Nos 4 dias seguintes aproveitam para conhecer alguns pontos turísticos e, claro que entre os lugares visitados, não poderia faltar a sede do MI - 6 onde James Bond "trabalha".

Marcos  Kontze ao lado de um dos cartazes que anunciavam a palestra de Roger Moore foto: James Bond Brasil/arquivo pessoal

Na noite de 27 de outubro, as emoções estavam reservadas para o Royal Albert Hall, famoso teatro londrino que serviu para abrigar a estreia com direito a tapete vermelho do filme SPECTRE.
Uma estreia luxuosa que além de artistas, elenco e equipe técnica, também contou com a presença do fã clube do Reino Unido, do nosso homenageado e seu amigo e até de representantes da Realeza: os Duques de Cambridge William e Catherine (Kate) Middleton.
Após a exibição do filme, um elegante cocktail foi servido aos presentes.
Em 4 de novembro, foi a vez da cidade de São Paulo receber a pré estreia de SPECTRE realizada com patrocínio da cerveja Heineken que é parceira de James Bond já há algum tempo.
O local escolhido ficava na região do Jardins (Zona Sul de São Paulo), o Cinépolis do Shoping  JK Iguatemi.
Marcos participou a convite da Sony do Brasil junto com os amigos do Bondcast Brasil e do Universo Bond. Este evento também estava recheado de celebridades, só que nacionais.
Esta cena se repetiu mais uma vez quando a cidade de Santa Maria - RS fez seu próprio evento. E lá estava. no cine Arcoplex o fã brasileiro de 007, o mais ilustre morador da cidade  para prestigiar mais uma vez a estreia do filme.
Recebido e tratado com ares de astro de cinema, bastante requisitado para fotos e entrevistas ele atende a todos com seu habitual carisma.
Naquela noite, foi a celebridade, dando - se ao luxo até mesmo a conceder uma breve entrevista a um colunista local com o curioso nome de Azar, talvez para dar o toque de humor típico dos filmes de Roger Moore era o que faltava para finalizar esta etapa vitoriosa de uma linda história de vida.
Esta é uma homenagem, um pouco longa é verdade, ao meu amigo Marketto que hoje se torna um jornalista realizando mais um sonho e o começo de novas conquistas ainda maiores.
E também uma história de superação para todos que sonham com algo possam se inspirar, seja um pequeno ou um grande sonho.
Guri, este é meu presente. Não poderei estar com você aí mas neste dia meus melhores e mais carinhosos pensamentos e minhas preces estão com você. Corações conectados. Bond forever. Beijos.

Eu retornarei

PS: Este post especial é dedicado ao meu amigo Marcos Kontze (Marketto), aos seus pais, Sr. Sergio Kontze (IM) e Srª Jussara Kontze, aos irmãos e sobrinhos, à namorada Júlia Cipolatto (que colaborou com esta homenagem liberando gentilmente o arquivo pessoal de fotos e vídeos do homenageado) e às memórias de Ian Fleming e Roger Moore.

Marcos Kontze e eu na 7ª CON 007 em São Paulo - SP foto: Meu arquivo pessoal 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem sua opinião aqui. Ela será lida e respeitada