My name is Patthy... Bondgirlpatthy

Bem - vindos ao meu cantinho virtual . A "casa" está sempre aberta à todos que queiram vir aqui ler e comentar meus posts. Este blog não tem compromisso jornalístico portanto não tem compromisso com a imparcialidade. Mas o meu compromisso com a democracia continua. Aqui toda opinião é importante e respeitada. Fiquem à vontade, a "casa" é de vocês. Voltem sempre q quiserem . Um beijo com muito carinho e obrigada.


terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Missão dada é missão cumprida: Tropa de Elite 2 é o filme nacional mais visto de todos os tempos

Demorou muito mas finalmente o povo brasileiro entendeu o que é o cinema nacional realmente empolgante e de ótima qualidade. E tenho o grande orgulho de ter contribuído ao menos um pouco com o êxito alcançado por Tropa de Elite 2 indo assistir ao filme pagando meu ingresso, mesmo de meia entrada. Valeu e como.
Só que o êxito deste filme sensacional não começou agora. Começou na verdade com o filme "Lula o filho do Brasil" onde se mostra a tragetória sofrida porém vitoriosa de um retirante que por seus méritos se torna operário, sindicalista e por fim atinge o posto mais alto do país, a Presidência da República. E esse mesmo filme está cotado para ser o primeiro longa brasileiro a ser agraciado com o Oscar de melhor filme estrangeiro. Um filme como deve ser. Para sonhar com dias melhores e não para se lamentar ou não entender nada.
A semente para os novos rumos do cinema nacional pós Mazzaropi estava plantada. Em 2007 já rendeu seus primeiros frutos: E que frutos! Finalmente, depois de tantos filmes ridículos só para o fã ver seu artista predileto na tela grande, estórias que ninguém entende e também estórias que infelizmentem fazem o mau triunfar sobre o bem ou mesmo quando do nada se fazia alusão ao sexo para salvar o interesse pelo filme. Surge um visionário chamado José Padilha, diretor e cineasta de trabalhos polêmicos e resolve  adaptar de um livro com relatos verdadeiros a história do BOPE do Rio de Janeiro.
Quem não ouviu a expressão "Pede prá sair", "Tá com medinho seu 02" e outras ou nem ouviu falar de  Capitão Nascimento, com certeza estava fora de qualquer roda de assunto sobre cinema.
Este filme mostrou a que veio e construiu o herói brasileiro com "alma" hollywoodiana que tanto precisava existir. Principalmente para mostrar que dentro da nossa dura realidade ainda podemos confiar em alguém para nos proteger do mal nem que seja apenas no filme.
E esse ano José Padilha em "Tropa 2" mostra que depois do tráfico de drogas ter sido combatido no Rio  ele faz de tudo para tentar combater a corrupção. E este é um inimigo bem maior e mais difícil. Ao fim do filme, dá a entender que ainda resta esperança e que todos da sociedade tem que lutar juntos para vencer esse inimigo.
Aliado ao sucesso do primeiro filme e o enredo atual e realista é que Tropa 2 bateu semana passada a casa de 10 milhões e 400 e poucos mil espectadores que como eu foram ver um filme brasileiro bom de verdade, batendo Dona Flor e seus dois maridos depois de 32 anos de liderança de bilheteria. Vibrei como vibro a cada gol do Corinthians. E quero que nunca mais ele seja ultrapassado. O Brasil tem tudo para ter um cinema de qualidade. Agora é aguardar o DVD  e curtir muito o sucesso de vendas que com certeza o filme terá. Faca na Caveira!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem sua opinião aqui. Ela será lida e respeitada